TVs não respeitam os horários de suas programações

Posted on janeiro 22, 2010 por

0


As novelas hoje alcançam as maiores audiências da Record, certo? Certo. Então por que não recebem da emissora um tratamento mais digno?

Em vários desses dias, a elogiada “Poder Paralelo”, do Lauro César Muniz, teve o seu capítulo exibido por volta da meia-noite. Isso não se faz.

Além da falta de respeito com o telespectador, é jogar no lixo o trabalho de toda uma equipe. Pode até não ser o caso, mas tem cheiro de derrubada.

Pior é que não é só a Record. A dona Globo também faz das suas.

Desde o começo deste ano, com a minissérie “Dalva & Herivelto” inicialmente e o “BBB” agora, raro é o dia que o “Jornal da Globo” entra antes de uma da manhã do dia seguinte.

Dá até pena ver os seus apresentadores Christiane Pelajo e William Waack. Os dois sempre ali, entusiasmados, com cara de meio-dia. E isto no instante em que tivemos no Brasil, todos os problemas causados pelas chuvas e, mais recentemente, os trágicos acontecimentos do Haiti.

A informação foi relegada a um plano bem inferior.

Por mais que existam tentativas e boa vontade, cada dia fica mais difícil entender os critérios que levam as emissoras a se comportar dessa maneira.

  • TV Globo/Rafael FrançaCarolina Dieckmann como Suzana, de “Três Irmãs”, sua última novela

Cuidado especial

“Passione”, próxima das 9 na Globo, teve os seus trabalhos iniciados. Só um detalhe: a atriz Carolina Dieckmann, nascida e criada no Rio de Janeiro, será Diana Rodrigues, moça de Catanduva, interior de São Paulo.

Resta saber como a direção da novela irá administrar a questão do sotaque.

São cidades com maneira de falar completamente diferentes.

Em obras

A Globo, na sua base do Projac, já iniciou a construção da cidade cenográfica de “Passione”. Homens trabalhando em período integral.

No local serão reproduzidas ruas de alguns bairros de São Paulo.

  • Karina Bacchi na “Fazenda 2”
  • Reprodução

Torcida organizada

Sobre o resultado final da “Fazenda”, ainda tem chão pela frente, mas já é possível garantir que a atriz Karina Bacchi sairá fortalecida do programa. Pelo menos na Record.

Ela ganhou pontos importantes junto à alta direção da emissora.

Parece que descobriram agora uma Karina que não conheciam.

Não sai

Fala-se que o narrador esportivo Eder Luiz esteve na mira da Band. Ele tem, segundo se informa, muito admiradores no Morumbi.

Mas a tendência é que permaneça na Record, na TV e agora também no rádio.

O seu contrato deve ser renovado nos próximos dias.

Twitter

Flávio Gomes, comentarista esportivo da Espn e companheiro de outras jornadas, escreveu em seu microblog:

“Acabei de matar um pernilongo. Peguei-o no ar com dois dedos. Eu achava que isso não era possível.”

Como passar sem um registro desses?

Espaço reservado

A nova programação do SBT, com estreia prevista para 1º de março, passa por ajustes e ainda terá que receber a aprovação do dono Silvio Santos.

Entre o que já está certo, é possível antecipar que o “Esquadrão da Moda”, apoiado nos bons resultados de 2009, será apresentado às quartas-feiras, 10 da noite.

O programa tem apresentação de Isabella Fiorentino e Arlindo Grund.

  • Flávia Alessandra faz pole dance como Alzira, de “Duas Caras”
  • TV Globo/Divulgação

Dona Alzira

A sensual pole dance, a dança do poste, será uma das novidades do “Qual é o seu talento?”, no SBT, caso o programa seja exibido em novo horário, às 22h00, a partir de fevereiro. E parece que será.

Curioso é o número de candidatas interessadas, a maioria provavelmente ainda lembrando o desempenho de Flávia Alessandra na novela “Duas Caras”.

Ponto de apoio

O autor Carlos Lombardi trocou temporariamente São Paulo pelo Rio de Janeiro, para colaborar com o Miguel Falabella no texto de “A Vida Alheia”.

Como se sabe, este novo seriado terá como foco central uma revista sobre o mundo das celebridades.

Liberdade vigiada

No espaço da novela “Tempos Modernos”, na Internet, a Globo pergunta: Você toparia viver vigiado 24 horas por dia?
69% responderam que não. Entendem que privacidade é tudo.

Só não se perguntou ainda se as mesmas pessoas não têm curiosidade de saber da vida dos outros.

Na luta

Já faz um tempinho que Cristiana Oliveira tenta levar para os palcos o espetáculo “Uma relação delicada”, como atriz e produtora.

Mas até mesmo para ela, artista famosa, não é fácil a batalha por patrocínio: “tenho uma luz no fim do túnel e acho que no segundo semestre [deste ano] a gente consegue [estrear]”, informa.

C’est fini

Há uma reclamação justa por parte de assinantes do SporTV quanto ao pouco caso dispensado às transmissões do campeonato francês. Raramente acontece o que é anunciado.

Isso quando não entram com o jogo depois de 15 ou 20 minutos de bola rolando.

Profissionais do extinto “Geraldo Brasil” tentam se encaixar em produções do SBT.

Outros foram deslocados para os programas do Marcos Mion, Gugu e “Hoje em Dia“, na própria Record.

Ainda não existe um novo projeto para Geraldo Luis na emissora.

Por:FLÁVIO RICCO
Colaborou José Carlos Nery
Posted in: Audiencia E TV