Entenda a crise dos talk shows

Posted on janeiro 23, 2010 por

0


Terminou na última quinta-feira, com o anúncio de um acordo que custará à rede NBC 45 milhões de dólares (cerca de 81 milhões de reais), uma das mais tumultuadas crises da história do talk show nos Estados Unidos, onde o gênero é muito tradicional (vem do rádio, nos anos 20) e tem grande prestígio.

Tudo começou em 2004, quando a NBC revelou que Jay Leno entregaria o comando do Tonight Show, a mais antiga franquia de talk show (no ar desde 1954), para Conan O’Brien, em 2009. Como prometido, isso ocorreu em meados do ano passado.

Para enfrentar a crise econômica mundial, evitando altos investimentos em seriados que muitas vezes fracassam, a NBC resolveu dar a Leno um novo programa. Tirou-o das 23h35, horário do Tonight Show, e o colocou às 22h. A NBC ampliou, assim, sua faixa de talk shows noturnos (os late night shows, que são bem diferentes dos vespertinos e dos matutinos) das 22h até a 1h30. Além do agora extinto The Jay Leno Show (22h) e do The Tonight Show with Conan O’Brien (23h35), há o The Late Night with Jimmy Fallon.

Jay Leno estreou às 22h em setembro. Até que começou bem, mas logo a audiência despencou. Foi um fracasso. No começo deste mês, a NBC anunciou o cancelamento da edição das 22h do show de Leno. Ele ganharia um novo programa, de meia hora, às 23h35, empurrando o Tonight Show para pouco depois da meia-noite. Conan O’Brien não gostou nada disso. Chegou a dizer que o Tonight Show à 0h05 nunca mais seria o Tonight Show. E pediu para sair.

Nesta madrugada, após sete meses no ar, Conan O’Brien se despediu do Tonight Show (o texto de seu adeus já está no site do The New York Times). A NBC irá reprisá-lo até 11 de fevereiro (no dia seguinte, ele será substituído pelos Jogos de Inverno, em Vancouver). Em primeiro de março, Jay Leno volta a ancorar o Tonight Show.

Por força contratual, O’Brien, que receberá 33 milhões dos 45 milhões de dólares do acordo com a NBC (o restante irá para profissionais de sua equipe), só poderá retornar à TV em setembro. As apostas são de que ele irá para a Fox. Mas não há nada oficial – ainda.

Quem tem assistido ao Late Show with David Letterman, programa da CBS exibido no Brasil pelo canal GNT, percebeu que a crise dos talk shows na NBC foi assunto dominante. Fazer piada da desgraça dos concorrentes (e, muitas vezes, de si mesmo) é comum nos Estados Unidos. Mas Letterman aparenta ter um prazer especial em fazer isso. Ele era o favorito para assumir o Tonight Show, inclusive por Johnny Carson, que apresentou o programa durante 30 anos e é considerado o pai de todos os apresentadores de late night shows (Jô Soares não esconde ter sido influenciado por Carson). A NBC, no entanto, preferiu Jay Leno para a vaga de Carson. Letterman, então, deixou a NBC e foi para a CBS.

(Há até um filme sobre essa história, The Late Shift; no programa que a CBS exibiu na última noite, um sorridente David Letterman apresentou um falso trailer de The Late Shift 2.)

A questão é se o riso de Letterman irá durar muito. Antes de deixar o Tonight Show, com quem concorria diretamente (no mesmo horário), Leno quase sempre o superava nas medições de audiência.



Posted in: Audiencia E TV