TV Crítica: Ser ou não ser gay?, o BBB só pensa nisso

Posted on janeiro 25, 2010 por

0


Após questionar sua sexualidade, Cacau cria clima com Eliéser antes de dormir

“Acho que o Eliéser às vezes é meio gay”, começou Cacau, dando corda para Dicesar. O maquiador, especialista no assunto, não pareceu convencido. Perguntou à jovem se Mr. Maringá “tem pegada”. Cacau disse que, comparado aos últimos namorados, do tipo “machão”, Eliéser fica devendo.

Bem nessa hora, o modelo entrou em cena e Dicesar foi logo avisando que a namorada está desconfiada dele. Cacau tentou disfarçar dizendo que Eliéser dança de um jeito “moderno”. O modelo ficou mal e foi buscar refúgio no quarto do fortão Cadu. Reclamou que a moça não encarou o edredon com ele. Cacau correu atrás de Eliéser e exigiu que conversassem. Ele fez biquinho, mas aceitou. No fim, tudo acabou em beijos no sofá.

Só se fala nisso no BBB. Ser ou não ser gay, eis a questão. No Twitter, já tem gente reclamando do destaque dado ao universo gay no BBB. Uma leitora conclamou Boninho a acabar com a “heterofobia” que reina na casa. Foi muito aplaudida.

Dicesar e Dourado, o gay assumido e o machão com suástica tatuada no braço, estão se conhecendo melhor. Bial realçou esta nova amizade e convidou os dois a explicarem o milagre para o Brasil. Dicesar disse que teve medo de tomar “dois tapão” do lutador, mas explicou que precisa ter boas relações com quem é obrigado a conviver diariamente. A vida ensinou a Dourado, ele disse, que os amigos e as “pessoas normais” nem sempre são tão leais quanto figuras que ele mal conhece.

Elenita votou em Dicésar e pediu para o Brasil compreender o seu gesto. Afinal, explicou, é uma notória defensora dos direitos dos homossexuais. Mais cedo, Elenita havia dito a Angélica; “Às vezes a gente precisa morrer para viver. Isso é só um programa de televisão.” Será?

Por: Mauricio Stycer

Posted in: Audiencia E TV