Bastidores da TV por Flávio Ricco (26/01)

Posted on janeiro 26, 2010 por

0


Record age na base da reação

Setores da Record, tanto no Rio como em São Paulo, receberam as mudanças na grade, anunciadas na semana passada, como um grande retrocesso.

Em comunicado à imprensa, a emissora informou que em março, no lugar de “Poder Paralelo”, exibirá filmes, reality show e o “Legendários”, de Marcos Mion, reduzindo para um o horário de novelas. Justamente as novelas que, nos dias atuais, são responsáveis pelos melhores pontos da sua audiência.

“Pra que tanto estúdio neste Recnov se não tem produção?”, pergunta um diretor. E mais, perguntamos nós, o que fazer com tanto espaço ocioso? Como acreditar na vaga promessa de um novo horário às 19 horas?

Afinal, considerando o que vale para agora, serão 10 estúdios para uma novela só. Então que se faça algum dinheiro deles, alugando para outras emissoras desejosas em produzir, como Bandeirantes, Globo e SBT.

Guardadas as devidas proporções é como se o Projac fosse abandonado.

Percebe-se que as medidas tomadas acontecem na base da reação. Não há, lamentavelmente, nenhum planejamento a médio prazo.

A sensação que passa é de total descontrole.

TV Tudo

Estaca zero
A Globo ainda não tem nada resolvido sobre a sua próxima atração no “Vale a Pena Ver de Novo”.

Já se falou na reprise de “O Clone”, mas ninguém confirma. Nem a autora da novela, Glória Perez, tem alguma informação a respeito.

Outra data
Sobre o retorno de Silvio Santos ao Brasil e as decisões que devem ser tomadas sobre a nova programação do SBT, setores influentes da Anhanguera trabalham com uma data diferente.

Em vez do dia 20, como chegou a ser anunciado, dizem que ele já estará por aqui no dia 6.

Posto de observação
Há uma inversão perigosa no “TV Fama”, da Rede TV!. A cada 2 ou 3 minutos de programa entram 15 de comerciais.

E isso sem contar os seus inúmeros merchandisings. Em vez de valorizarem, vulgarizam o espaço.

Crescimento
O SBT acertou em cheio nas mudanças promovidas em seu jornalismo na cidade de Porto Alegre.

Apresentado por Rafael Rocha na hora do almoço, o “SBT Rio Grande” teve um crescimento de dois pontos na média de audiência em suas edições deste ano.

Fui
Honorilton Gonçalves, número 1 da Record, também está na feira de Las Vegas. Viajou no final da semana passada e não deve voltar tão cedo ao Brasil.

De lá vai direto para Vancouver.

E outra
Já a partir desta sexta-feira, toda delegação da Record, sob o comando de Sérgio Hilinsky, começa seguir viagem para a cobertura dos Jogos Olímpicos de Inverno.

Com o início do evento o “Jornal da Record” também será apresentado de lá por Ana Paula Padrão.

Tuitando
Alinne Moraes e Marjorie Estiano, segundo Aguinaldo Silva, poderão trabalhar na sua próxima novela.

E Suzana Vieira também, com a personagem que viveu em “Cinquentinha”.

Anjos
A partir de março a Bandeirantes inicia, digamos, a sua fase “celestial”.

Irá exibir uma novela comprada, “Quase Anjos”, e se prepara para iniciar as gravações da comédia de situações “Anjos do Sexo”, de Domingos de Oliveira.

É muito anjo para uma emissora só. Deixa um pouquinho pras outras.

Nas três direções
Cássio Gabus Mendes atravessa um dos melhores momentos da sua carreira. Convites para trabalhos na televisão, cinema e teatro não param de chegar.

Não vai fazer “Ti Ti Ti”, novela do seu pai Cassiano, agora com adaptação de Maria Adelaide Amaral, porque já havia se comprometido com a próxima novela de Gilberto Braga, que entrará na sequência de “Passione”, de Silvio de Abreu.

No cinema, encerrou recentemente participação nas filmagens de “Bruna Surfistinha – o Doce Veneno do Escorpião”, e acaba de receber convite de Marcos Paulo para trabalhar em “O Assalto ao Banco Central”.

Quanto ao teatro, a questão esbarra na falta de tempo.

Próxima novela do SBT
O diretor Del Rangel ficará boa parte desta semana no litoral de São Paulo. Mas quem vai pegar praia é o elenco de “Uma Rosa com Amor”. Del chamou para si a responsabilidade de comandar as gravações.

Enquanto isso, uma outra equipe da novela tocará os trabalhos nos estúdios da Anhanguera.
“Uma Rosa com Amor” ainda não tem sua cidade cenográfica liberada, obras em fase de conclusão.

Bate – Rebate

· Ninguém sabe o que acontece, mas até agora não foi renovado o contrato do narrador esportivo Eder Luiz com a Record.

· A partir de agora, haverá melhor aproveitamento do pessoal do Bandsports na Band aberta. Começou com Eduardo Vaz, sábado, no vôlei.

· O bom narrador Milton Leite lança em fevereiro “As Melhores Seleções de Todos os Tempos”, o seu primeiro livro.

· “Tempos Modernos” ainda não embalou. Mas já tem os seus bons destaques. Otávio Augusto é um deles.

· Nesse novo cenário, agora desenhado pela Record, não se cogitou exibir novelas mexicanas dubladas. Ainda bem.

· Elenco de “Uma Rosa com Amor”, para tirar o atraso, só é poupado das gravações aos domingos.

· Hoje tem festa na Rede TV!. Luciana Gimenez volta ao vivo com o seu programa.

· O baixo rendimento de “Viver a Vida” não assusta a alta cúpula da Globo.

· Entende-se, por sinal, que passado o carnaval, com a novela entrando em sua reta final, a audiência deve crescer.

C´est fini

Equipe de “Uma Rosa com Amor” torce para que o SBT promova uma grande festa de lançamento da novela. Que não fique só no release.

E se exalte o fato de ser a única emissora que ainda atende o mercado de trabalho em São Paulo. Globo e Record, como se sabe, têm suas bases no Rio de Janeiro.

Banco do Brasil acertou com a Globo o pacote comercial do vôlei. Preço fechado, R$ 8,280 milhões.

Posted in: Audiencia E TV